Gosto de Gatos

Gosto de gatos:

               Carregam o silêncio nos olhos.

               Toda a sua amorosidade gestual

               Aquece-nos a alma, num sentido de importância;

               Habitamos-lhes o espaço de pertencente…

               Gosto de gatos,

               Na sua independência de atos

               E, principalmente, o seu pulo na entrega absoluta

               Do afeto, atenção e sedução,

               Preenchendo todo o momento

               Na arte do movimento vida…

               Gosto de gatos:

               Companheiros que degustam a paz,

               Reinventam a rotina a cada nova escolha de lugares,

               Desafiam a gravidade; 
               
               Sedutores equilibristas 

               Que sabem amar a linha do tempo

               
               E bordam com o afeto e alegria

               O prazer de ser  inesquecíveis…

               Todo gato sabe

               Que amá-los é uma experiência para sempre.



            Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)

Para o Leitor:
Você irá mergulhar no diário de memórias de uma gata preta vira-lata, com um senso de humor cativante e desconcertante, que imprime a quem ler o seu ponto de vista peculiar sobre os humanos, os gatos e a realidade cotidiana dela, com a sua família humana (mãe e pai) e o marido (o gato siamês Shan). Tudo narrado com o seu narcisismo, possessividade e com propriedade da sua autoestima elevadíssima, dosada com o amor exagerado pela sua mãe humana, considerando-se imprescindível para a felicidade dela e do núcleo familiar. Como ela afirma: “todos precisam de mim e do meu olhar atento para a vida deles…”
Deixe a Chanel entrar na sua vida com a simplicidade da alegria que ela irradia, com os gestos exagerados do amor, desnudando o ciúme, o valor da singularidade e a aceitação das fragilidades e imperfeições de quem ama e é amado.
Boa leitura!
Suzete Brainer – Escritora, Psicóloga Clínica.

Quero Ler Você, Chanel

Este post tem um comentário

  1. Mariana Guedes

    Suzete,
    Que poema lindo!!
    Fazia um tempo que não aparecia aqui, adoro este seu espaço e a novidade deste seu novo livro, irei adquirir.
    “Todo gato sabe Que amá-los é uma experiência para sempre.”
    Perfeito, poeta!

    Bj.
    Mari.

Deixe um comentário