Breve noturno de maio

Maio nesta brisa suave e ondulada,
Fico nas gotículas de chuva
Tocando o mar no renascimento das ondas gigantes,
Assustando a rotina cinza.


O vento de maio anuncia delicadamente
A mudança de clima.
Mesmo que o calor não desista
Do seu papel principal,
Maio canta um breve noturno de sossego.




Suzete Brainer (Direitos autorais registrados)

Meus Livros Publicados:

https://amzn.to/3W0KhEL

Deixe um comentário