Abrace a Sua Vida – Fora Depressão!

Liberdade, Mulher, Pôr do Sol, Nascer do Sol

Para quem está deprimido é como se todos os dias fossem noite e a vontade de reagir fica remota diante do desânimo com a própria vida. Acredita-se que os sonhos se cristalizaram numa impossibilidade. Este estado mental de negatividade, cresce no altar em que o deprimido mina a sua força, diariamente não acreditando mais em nada.

Um ciclo vicioso se estabelece, e como quebrá-lo?

Necessita de um sistema amplo de cuidados, onde a busca de ajuda especializada é necessária, para que a depressão seja diagnosticada corretamente e tratada. Além disso, recomenda-se pequenas atitudes diárias que ajudam a recuperar a autonomia perdida: atividade física, meditação, leituras, hobbys de interesse singular, alimentação saudável, resgatar a fé (independentemente da religião), um sono regenerador e um recomeçar, onde você precisa segurar a sua mão, simbolicamente representando o gesto do seu auto acolhimento, na caminhada de um dia de cada vez…

A depressão também simboliza um estrangulamento da capacidade do deprimido de reger a própria vida. Há uma sensação de chegar no final do caminho, numa rua deserta, sem motivação de procurar novas saídas. Algo aconteceu com você que interrompeu a sua vontade de ser feliz; mais ainda, acreditando que não existe mais nem a possibilidade de felicidade.

Porém, o significado da vida são experiências tristes ou alegres que resultam em novos aprendizados. Estes aprendizados são decorrentes da nossa liberdade de escolha; de não se abrir mão de ser consciente e responsável pelo o curso da nossa vida. É isso mesmo, encarar os acontecimentos, não se abandonar. Quando você foge da sua casa interior, fica orbitando na sombra do seu sofrimento, preso a um ciclo vicioso do derrotado.

Não é à toa que o deprimido resiste ao sol, à luz, ao ar livre. A sua rotina se resume ficar isolado em ambiente escuro e totalmente inerte. Deixe o sol entrar pela sua janela, pela sua casa, em sua vida. Permita-se, igualmente ao um girassol, em busca da luz, encontrar o seu sentido existencial. Afinal, todos iremos morrer um dia, não morra enquanto você está viva. Viva a dádiva da vida!

Suzete Brainer (Direitos autorais registrados).

Meus Livros Publicados:

https://amzn.to/3W0KhEL

Este post tem um comentário

  1. Muito bom! Depressão é coisa perversa, e há muita gente precisando de esclarecimentos como estes do seu artigo.

Deixe um comentário